O projeto

Sobre o projeto

O espetáculo “Entre o Céu e o Inferno – O Musical” é uma apresentação de teatro musical, com duração aproximada de 120 minutos.

Primeira grande produção da Oficina de Estudos da Arte Espírita na área cênica, o musical é inspirado no livro “O Céu e o Inferno”, de Allan Kardec, e conta a história dos espíritos Samuel Fellipe, Auguste Michel, Sapateiro Luís e Condessa Paula, os dramas pelos quais passaram e suas respectivas situações de antes e depois da desencarnação.

Ainda que baseada em uma obra básica da Doutrina Espírita, o projeto não se propõe a atingir apenas o público espírita, mas a todos que se interessam pela temática da vida após a morte e pela arte de uma maneira geral.

Nossa intenção inicial é realizar apresentações na cidade do Rio de Janeiro, durante duas semanas de outubro de 2017, e circular, em 2018, por teatros e festivais de todo o país.

Vale destacar que os trabalhos desenvolvidos pela Instituição, que, em 2018, fará quinze anos de ação ininterrupta, acontecem sem qualquer financiamento, existindo através de doações voluntárias tanto de recursos financeiros, quanto de tempo dos professores e demais profissionais vinculados.

Objetivo

Realizar um espetáculo musical de qualidade na cidade do Rio de Janeiro, com temática espírita, com circulação posterior em teatros e festivais pelo país.

Objetivos específicos

Angariar fundos para manutenção e apoio aos projetos da Oficina de Estudos da Arte Espírita;

Realizar pelo menos 06 apresentações da peça “Entre o Céu e o Inferno – O Musical” no ano de 2017, na cidade do Rio de Janeiro;

Dar continuidade às apresentações em 2018 em celebração aos 15 anos da Oficina de Estudos da Arte Espírita;

Alcançar um público direto de 1.500 pessoas e indireto de 3 mil;

Fomentar o consumo e fruição artística com temática espírita na cidade do Rio de Janeiro;

Levar o espetáculo para festivais e teatros em outros estados do país;

Inspirar a realização de novos espetáculos dentro do cenário espírita;

Justificativa

A arte é um elemento indissociável da expressão humana. Desde os primórdios buscamos nos expressar e na arte encontramos um veículo democrático, espontâneo e universal de comunicação. Independente da configuração, sempre há uma forma artística que toca cada indivíduo de maneira única, muitas vezes inexpressável de outra maneira.

No teatro temos um refinamento da arte, trabalhando o texto através da expressão cênica, da troca ator-espectador, se desenvolvendo desde a Grécia Antiga até os tempos atuais. Se no teatro tradicional já abordamos dois elementos basais da expressão artística – literatura e arte cênica, no teatro musical agregamos mais dois recursos, a música – talvez hoje a arte mais popular – e a dança – mais antiga manifestação da expressão corporal – para criar uma expressão de sentido e sentimento únicos.

Quando nos debruçamos no contexto do conhecimento espírita e observamos a sua interseção com toda essa possibilidade artística, entendemos que existe uma necessidade da realização de um projeto de grande porte, valorizando a qualidade técnica e doutrinária, sem com isso excluir qualquer religião, abordando um tema que é de interesse da maior parte da população – a vida após a morte –, trazendo consolo e esperança no porvir. É para atingir tal objetivo que desde 2016 o musical vem sendo elaborado de forma voluntária por toda a equipe, mas chegamos em um momento onde, para atingir a qualidade necessária, faz-se preciso um investimento maior, abrindo as portas da arte espírita na cidade e no país.

O tema surgiu em virtude de um convite da Congregação Espírita Francisco de Paula para uma atividade referente aos 150 anos de lançamento do livro O Céu e o Inferno, que se converteu em uma apresentação cênico-musical cujo sucesso foi tão grande que gerou uma nova solicitação, dessa vez para o 4º Congresso Espírita do Estado do Rio de Janeiro, abrangendo um público de mais de mil pessoas, aprofundando esteticamente o trabalho e inspirando à realização de um projeto musical de grande porte.

Já a escolha dos personagens buscou retratar variadas formas de se ver a vida e de se relacionar com a morte. Homens, mulheres, ricos, pobres, altruístas, moralmente questionáveis, apaixonados, suicidas, enfim, as diversas possibilidades de escolhas e consequências humanas, no intento de, através dos dramas cotidianos, espelhar os conflitos do público, criando empatia entre espectador e obra.

A equipe do musical Entre o Céu e o Inferno também é composta por alguns profissionais da área artística de musical, o que traz enormes ganhos a sua elaboração e vem preencher uma necessidade antiga, que é a realização de espetáculos de qualidade dessa expressão artística.

O projeto busca também estimular mais realizações artísticas por todo o país, abrindo portas para todos aqueles que se sintam tocados pela arte e desejem se expressar através dela, criando uma rede de produções sustentáveis e público fruidor.

Vakinha Está encerrada!

Quem doou em breve receberá email de nossa equipe para o resgate da sua recompensa

Confira aqui as recompensas que foram dadas na campanha da vakinha

R$ 30,00

*  A DATA DE GRAVAÇÃO DO CD E A DATA DO ENSAIO ABERTO SERÃO INFORMADAS FUTURAMENTE;

R$ 40,00

*  A DATA DE GRAVAÇÃO DO CD E A DATA DO ENSAIO ABERTO SERÃO INFORMADAS FUTURAMENTE;

R$ 110,00

** OS CD’S SERÃO ENTREGUES EM DATA A SER AGENDADA. NÃO SERÃO ENTREGUES NOS DIAS DE APRESENTAÇÃO

R$ 130,00

  • O WORKSHOP SERÁ UM EVENTO ÚNICO  DE DOIS DIAS, REALIZADO EM LOCAL A SER DEFINIDO PELOS DIRETORES E;
  • O WORKSHOP SERÁ AGENDADO DE ACORDO COM  A DISPONIBILIDADE DOS DIRETORES;

R$ 80,00

R$ 150,00

R$ 300,00

R$ 500,00

Contribua e apoie este projeto

Por ser uma produção de expectativa de um alto nível técnico, precisamos de um investimento que viabilize esse intuito. Precisaremos da sua colaboração para:

 – Cenografia (Tela de projeção, tecido acrobático e elementos cênicos diversos) – R$ 6.000,00

–  Figurino (tecidos, contratação de costureira e customizações) – R$ 5.000,00

– Equipamentos de Som e Luz (Microfones, mesa de som, mesa de luz e outros) – R$ 15.000,00

– Marketing e Divulgação (material de divulgação e brindes) – R$ 4.000,00

– Aluguel e demais despesas com o espaço – R$ 12.000,00

 TOTAL: R$ 42.000,00

A estratégia de adesão à campanha de financiamento coletivo vem ao encontro de compartilhar com todos os interessados em ver materializada uma produção de alta qualidade técnica e que ao mesmo tempo seja fiel aos princípios do conhecimento espírita.

Desse valor de R$ 25.000,00, serão captados via arrecadação coletiva e os outros R$ 5.000,00 através de eventos beneficentes diversos.